Nova versão do Firefox promete gráficos mais rápidos

O Firefox Quantum 58 é a primeira grande atualização da Mozilla desde que foi anunciada a nova abordagem ao mercado, em novembro. Nesta versão, a Mozilla pretende dividir melhor o trabalho pelos múltiplos processadores dos chips atuais, prometendo uma melhor experiência de navegação. A presença renovada da Mozilla é importante para aumentar a competitividade, nomeadamente com a Microsoft e a Google, e para ajudar a tornar a Web mais útil, lembra a Cnet.

A Mozilla prometeu que o Firefox 58 conseguirá acelerar a tecnologia WebAssembly que permite uma navegação mais rápida. Por outro lado, a abordagem do Firefox para Android tira melhor partido das PWA, de progressive web apps, destinadas a assegurar uma maior compatibilidade das páginas Web acedidas através das apps móveis. É possível, por exemplo, converter um website num ícone de app e, ao clicar, aceder à página em ecrã inteiro no telefone, sem barra de endereços ou outros elementos “poluidores”. A tecnologia pode ser usada para se aceder a páginas mesmo estando offline.

Por outro lado, a Mozilla afirmou ainda que a versão 59 ou a 60 do browser trará o Quantum Render, uma outra forma de acelerar os gráficos. Por fim, o Firefox 58 traz a melhoria de se bloquear os add trackers, presentes em muitas páginas e responsáveis por atrasar o tempo de carregamento das páginas e até, em alguns casos, por espiar os comportamentos do utilizador enquanto navega. O tempo médio de carregamento passa de 7,3 segundos para 3,2 segundos se o utilizador ativar este bloqueio.

A Mozilla prevê lançar novas versões do navegador a cada seis semanas.

Leave a comment